ícone Lupa
ícone Lupa

Restringir à: Título Sub-Título Descrição Conteúdo

Data de Início: Data Fim:

Restringir a busca por conteúdos do tipo: Notícia Na mídia Boletim



BOLETIM RUTE

Nº 01 - março de 2008

Autor: RNP


Este boletim inicia uma série de divulgações mensais sobre a Rede Universitária de Telemedicina (Rute). Nele, será oferecido um resumo das principais atividades da rede, além dos avanços na implantação de sua infra-estrutura e novidades sobre as instituições-membros. O boletim será distribuído aos participantes da lista na primeira semana de cada mês, e também ficará disponível no site Rute.

 

Destaque

 

O destaque desta primeira edição do boletim Rute é a inauguração do núcleo central da Rute na Universidade Federal da Bahia (UFBA). O Hospital Universitário Professor Edgard Santos, na UFBA, será a primeira instituição a inaugurar seu núcleo Rute em 2008, em cerimônia prevista para o dia 18/04, em Salvador.

 

No âmbito institucional, o destaque Rute do mês é um importante passo na expansão da iniciativa para além do território nacional. No início de fevereiro, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aprovou o Telehealth Public Policies in Latin America (TPP-LA) um projeto de telessaúde que une os seguintes parceiros: RNP/Rute; Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); Ministério da Saúde (MS); Cidade de Belo Horizonte; Cooperação Latino-Americana para Redes Avançadas (Clara); Centro Nacional de Excelencia Tecnológica em Salud (Centec – México); Ministerio de Salud Publica (MSP – Equador); Fundacion Ecuatoriana de Telemedicina y Esalud (Fundatel – Equador); e Ministerio de la Protección Social (MS –Colômbia). O objetivo do projeto é construir um processo organizacional para o estabelecimento de regras e parâmetros claros para a implementação de políticas nacionais de telessaúde na América Latina. Através de discussões e da troca de experiências que já estão sendo realizadas nesta área, espera-se contribuir para o desenvolvimento da tecnologia e para a disseminação das políticas de telessaúde nos países latino-americanos.

 

Iniciativa Rute

 

Entre os dias 25 e 29 de fevereiro, em Belo Horizonte e São Paulo, os países latino-americanos e europeus pertencentes ao programa Eurosocial Saúde visitaram o Brasil e, entre outras atividades, assistiram a uma apresentação sobre a Rute. O Eurosocial Saúde (que é uma das divisões do programa Eurosocial) é uma iniciativa da União Européia que tem o objetivo de fortalecer os vínculos entre atores político-institucionais latino-americanos da área de saúde com seus pares europeus. Durante a visita dos representantes do Eurosocial, também foram feitas visitas às instalações de telessaúde da UFMG e da USP, ambas instituições Rute.

 

Ainda em fevereiro, foi realizada uma reunião com o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (MS), Francisco Campos. O objetivo do encontro foi tratar da sincronia entre as ações do Programa Nacional de Telessaúde e da Rute, iniciativas de ministérios diferentes que atuam em parceria.
Também no final do mesmo mês, foi realizada uma apresentação da Rute durante a reunião de diretoria da Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS). No final de 2008, ocorrerá o XI Congresso Brasileiro de Informática em Saúde, no qual Rute será uma das participantes.

 

Em março, as novidades da Rute ficaram por conta do Encontro Paraense de Telessaúde: Instrumento de Educação Permanente e Assistência em Saúde, realizado no Centro de Capacitação (Capacit), em Belém (PA). O evento, que contou com a participação de representantes de secretarias municipais de saúde, universidades e hospitais universitários, debateu a política de telessaúde no Pará. Durante a abertura do evento, o coordenador nacional da Rute, Luiz Ary Messina, apresentou a iniciativa. Messina também falou sobre o Programa Nacional de Telessaúde e sobre como uma parceria entre os ministérios da Ciência e Tecnologia (MCT) e da Saúde está possibilitando que os hospitais universitários pertencentes à Rute se integrem também ao Programa.

 

Parceiros Rute

 

Todas as 16 instituições da primeira fase que ainda não foram inauguradas já receberam os kits de equipamentos e agora estão na fase de treinamento, prevista para terminar até o final de abril. Destas, as mais adiantadas são as instituições de Minas Gerais (UFMG), Ceará (UFC), Paraíba (UFPB), São Paulo (USP e Unifesp) e Bahia (UFBA). Esta última, conforme mencionado anteriormente, será a próxima universidade a inaugurar um núcleo Rute.
Em fevereiro, a UFBA também criou oficialmente seus outros dois núcleos de telessaúde, um no Centro Pediátrico Hosannah de Oliveira e outro na Maternidade Climério de Oliveira. Na mesma época, também foram criados oficialmente os núcleos do Instituto de Cardiologia Dante Pazzanese (SP) e do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

 

Até o momento, 35 das 38 instituições da segunda fase da Rute entregaram seus projetos, contendo as aplicações que serão usadas a partir da rede. Destas, 23 já tiveram seus projetos aprovados e nove estão em processo de assinatura. Os demais projetos estão sendo revisados. A expectativa é de que esta fase de assinatura esteja encerrada até o final de abril.

Média (0 Votos)