Grupos de Interesse Especial - SIGs
A Rute estimula a integração e a colaboração entre profissionais de saúde por meio de Grupos de Interesse Especial (do inglês Special Interest Groups - SIGs). Os SIGs promovem sessões, por videoconferência ou webconferência, para debates, discussões de caso, aulas, pesquisas e avaliações à distância, em várias especialidades e subespecialidades médicas, para diversos profissionais da área da saúde, em diversos níveis de formação profissional.
Qualquer instituição da área da saúde pode solicitar participação nos SIGs da Rute, com seus próprios recursos. Para isso, basta seguir o procedimento padrão descrito em http://url.rnp.br/?RUTE-SIG-Participacao. A participação dependerá da capacidade técnica e aprovação da coordenação do SIG. Acesse http://rute.rnp.br/sigs para conhecer todos os SIGs existentes.
 

 

 

 

ícone Lupa



Especialidade:
Instituição:
Mostrando 61 - 66 de 66 resultados.

Descrição: Apresentação e discussão, em reuniões mensais através da rede de Telesaúde, de temas, métodos e abordagens técnico-científicos específicos, de casos clínicos, de pesquisas e de questões de categoria profissional relevantes para a especialidade de Terapia Ocupacional em “Contextos Hospitalares” e Cuidados Paliativos. Favorecer a sistematização e intercâmbio de informações e conhecimentos em plano nacional, relativos à especialidade, dentre as instituições participantes.

Área de estudo: Objetivo de promover a criação de um espaço colaborativo favorável à troca de conhecimentos, experiências, programas educacionais, de atualização e capacitação em Terapia Ocupacional em “Contextos Hospitalares” e Cuidados Paliativos.

Especialidade:  cuidados paliativo-hospitalar

 

  • Coordenação: Marysia Mara Rodrigues do Prado De Carlo 

Descrição: Promover e desenvolver, à distância a capacitação de cirurgiões de trauma do Brasil na implantação de cursos à distância, reuniões clínicas, segunda opinião formativa e padronização de protocolos e rotinas adaptadas à realidade brasileira e suas peculiaridades regionais. Construir a base para a utilização de ambientes colaborativos de aprendizagem, pesquisa e extensão, a partir da utilização das tecnologias de telecomunicação.

Área de estudo: Implementação e consolidação da Atividade: Processo de Informatização para elaboração de um protocolo mínimo nacional de rotinas e condutas, que seja referência para os profissionais que atuam em Cirurgia de Emergência e Trauma no Brasil.

Especialidade:  Cirurgia de Emergência e Trauma

 

  • Coordenação: Cleinaldo Costa 
  • Subcoordenação: Pedro Elias de Souza 

Descrição: O SIG tem como objetivo padronizar ações dos administradores de videoconferência nas atitudes resolutivas de equipamentos de problemas inerentes a conexões de teleconferência. O escopo do grupo consiste na educação continuada para o aprimoramento dos técnicos através de discussões, práticas e criação de documentos e tutoriais com orientações em relação à administração dos sistemas e operações, na exploração dos recursos das funcionalidades e utilização dos equipamentos já existente.

Área de estudo: Utilização das teleconferências: discussões, elaboração de práticas e alternativas de uso do sistema

Especialidade:  Recursos e Mídias de Suporte a Colaboração Digit.

 

  • Coordenação: Tatiana Patricia Farias da Cruz 
  • Subcoordenação: Max Pereira Moraes 

Descrição: O SIG Urologia, criado em 2009, contempla a discussão de casos clínicos, a divulgação de conhecimentos e a melhoria das normas de conduta clínica visando ao controle das doenças urológicas. O SIG é coordenado pela Santa Casa de Porto Alegre. As reuniões ocorrem nas segundas quartas-feiras do mês, entre as 12h e 30m e 13h e 30m. Participam destas reuniões os profissionais da área médica específica, residentes e doutorandos e são convidados, eventualmente, profissionais de outras especialidades.

Área de estudo: Urologia: apresentação e discussão de casos clínicos

Especialidade:  Urologia

 

  • Coordenação: Mirandolino D. Mariano 

Descrição: O SIG Urologia Pediátrica iniciou suas atividades em 2008 por iniciativa do NUPEP Núcleo de Urologia Pediátrica da Escola Paulista (UNIFESP), sob coordenação do Prof. Dr. Antônio Macedo Jr. A RUTE possibilitou desta forma a troca de experiências clínicas, discussão de protocolos de pesquisa e educação continuada entre os centros tendo o modelo de casos resolvidos para discussão como ferramenta didática. As reuniões ocorrem na última sexta-feira do mês das 8:30 às 10:00 da manhã.

Área de estudo: A Urologia Pediátrica ocupa-se de anomalias congênitas do trato urinário de ambos sexos e genital masculino. Incluem-se afecções relacionadas com a função renal e vesical gerando obstrução e refluxo e geralmente agrupadas nas hidronefroses. A oncologia urológica inclui tumores de rim, bexiga e próstata. As anomalias genitais mais importantes são as hipospádias e defeitos congênitos da bexiga como extrofia. Os estados intersexuais e transplante renal são também áreas de interesse

Especialidade:  Urologia Pediátrica

 

  • Coordenação: Antonio Macedo Junior 
  • Subcoordenação: Ubirajara Barroso Junior 

Descrição: Tem por objetivo realizar reuniões mensais entre pesquisadores, profissionais de saúde e áreas anexas e alunos dos diversos níveis (ensino técnico, graduandos e pós-graduandos) sobre o tema vacinação. Inclui as áreas de projetos de criação e desenvolvimento de novas vacinas, estratégias de abrangência de planos de vacinação, biotecnologia, gestão de rede de frio, mecanismos de ação e outros aspectos dentro da temática proposta.

Área de estudo: Áreas de projetos de criação e desenvolvimento de novas vacinas, estratégias de abrangência de planos de vacinação, biotecnologia, gestão de redes de frios, mecanismos de ação e outros aspectos dentro da temática proposta

Especialidade:  monitorização remota

 

  • Coordenação: Edimilson Ramos Migowski De Carvalho 
Itens por página: 10
Página de 7