ícone Lupa
ícone Lupa

Restringir à: Título Sub-Título Descrição Conteúdo

Data de Início: Data Fim:

Restringir a busca por conteúdos do tipo: Notícia Na mídia Boletim



Rute inaugura sete núcleos e alcança 108 unidades de telemedicina


Nesta sexta, dia 19/12, foram inaugurados sete unidades de telemedicina da Rede Universitária de Telemedicina (Rute), projeto coordenado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). Os beneficiados foram o Hospital Amparo Maternal (SP), o Hospital Alemão Oswaldo Cruz (SP), o Hospital da Mulher Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti (Campinas - SP), o Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Recife – PE) e as unidades da Rede Sarah de Hospitais de Reabilitação em Salvador (BA), São Luís (MA) e Belo Horizonte (MG).

A cerimônia de inauguração conjunta foi conduzida pelo coordenador nacional da Rute, Luiz Ary Messina, por videoconferência, da unidade da RNP no Rio de Janeiro. Ele recebeu a visita da coordenadora da Rede e-Português da Organização Mundial de Saúde (OMS), Regina Ungerer, que também participou do evento e deu início à cerimônia.
 
Diretamente de Brasília, da unidade central da Rede Sarah, a presidente e Drª Lucia Willadino Braga agradeceu a oportunidade de integração à Rute e comentou que pretende inaugurar centrais de telemedicina nas unidades da rede em Belém, Macapá, Fortaleza e Rio de Janeiro. Ela passou à palavra aos diretores das unidades do Sarah que estavam inaugurando seus núcleos de telemedicina: Dr. Antônio Pedro Vargas, em Belo Horizonte, Dr. Ivar Viana Brandi, em Salvador e Dr. Cesar Ricardo Simioni Campello, em São Luís. Todos apresentaram o trabalho que realizam e ressaltaram a importância de fazer parte da Rute. Alguns deles já participam de SIGs da rede. 
 
Em representação aos demais núcleos inaugurados, participaram da cerimônia o diretor associado do Hospital da Mulher Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti, Dr. José Roberto Erbolatto Gabiatti; que falou sobre a participação na Rute, o coordenador de telemedicina do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, prof. Roberto Carneiro de Oliveira, que já pensa em criar um SIG sobre AVC; e o diretor do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros, Dr. Olímpio Morais, que, acompanhado pelo prof. Raul Melo, do Núcleo de Telemedicina da Universidade de Pernambuco, mencionou a vantagem de estar integrado à Rue. 
 
Do Hospital Amparo Maternal, além da diretora executiva, profª Júnia Cordeiro, também estava presente a vice-presidente do Conselho Brasileiro de Telemedicina (CBMTs), profª e Drª Ana Estela Haddad, que parabenizou a todos pelo trabalho realizado e apresentou o projeto Telessaúde São Paulo. Ana Estela fez parte da equipe que desenvolveu o Telessaúde Brasil Redes, iniciativa do Ministério da Saúde que busca melhorar a qualidade do atendimento e da atenção básica no Sistema Único da Saúde (SUS) e está integrada à Rute.

Com novas unidades de telemedicina, a Rute passou a ter 108 núcleos inaugurados e em plena operação, localizados em hospitais universitários e de ensino, em todos os estados do Brasil.  Entre outros objetivos, a rede integra e conecta todos os hospitais públicos universitários e de ensino, cria formalmente núcleos de telemedicina, apoia a realização de videoconferências, análise de diagnósticos, segunda opinião, inclusive formativa, e educação permanente, e web conferência, entre hospitais universitários e universidades, através da RNP, além de permitir a integração com secretarias estaduais e municipais de saúde, unidades básicas de saúde e hospitais do interior.  Atualmente, a Rute possui cerca de 60 Grupos de Interesse Especial (do inglês, SIG) em várias especialidades e subespecialidades da saúde, com 600 sessões por ano de vídeo e web conferências.